28 de abril de 2017

E o marcador do MÊS é... #4

E a rubrica que depende de vocês (que pressão, eu sei!), está de regresso e em bom! Sim, para quem não sabe ou não se lembra, hoje, é dia 28, logo é dia de ela “se apresentar ao serviço”. Como já perceberam estou a referir-me à eleição do marcador do mês. Aquele que foi escolhido por vocês através de comentários no blogue ou gostos no facebook ou no Google+ . Assim, sendo, qual será o de abril? 
Não se esqueçam que no final do ano elegemos o marcador do ANO através dos eleitos de cada mês. Por isso participem muito nesta rubrica.

Assim sendo o marcador eleito este mês pertence a Toledo e é este:



 O que acharam desta escolha? Concordam?

25 de abril de 2017

Mais marcadores! #50

Marcadores! Marcadores! Hoje é dia deles! Hoje é dia de irmos até... Coimbra. A “cidade dos estudantes”. A cidade que tem “metade do meu coração” (eu sei que foi profundo!).
É importante destacar que o primeiro mostra a fantástica Biblioteca Joanina, salientando um pormenor do arco de uma das suas salas. O segundo representa a Rainha Santa Isabel, a Rainha do “milagre das rosas” no seu jeito humilde e generoso. Dois marcadores distintos, mas bonitos à sua maneira.




Gostaram do marcador com a Biblioteca ou preferem o da Rainha Santa Isabel?


23 de abril de 2017

A beleza também conta! #31

A “beleza”, de hoje, vem diretamente das ilhas. Mas será dos Açores ou da Madeira? O que vos parece? Qual preferem? Já visitaram alguma? Bem...quem pensou na primeira acertou, quem considerou a segunda teve um pequeno deslize, ou melhor, esteve “quase lá” (para a próxima já sabe!).
O exemplar vem, então, dos Açores, mais concretamente, de S. Miguel e “diga-se de passagem” que a “beleza não lhe fica nada atrás”, muito pelo contrário. Foi elaborado em cortiça e, portanto, creio que deve ter dado algum trabalho, mas, valeu pena, não concordam? “A Marca da Marta” agradece e eu também!



Gostaram deste marcador açoriano?
 

20 de abril de 2017

Chiado Editora #8

Tal como sabem, todos os meses faço uma “review” de um livro da Chiado Editora. Este mês não é exceção.
Como tal, o exemplar de que hoje vos falo intitula-se “Hey, Panda, Vamos Fugir?” e pertence a Ivan Bittencourt Jr. Escolhi este livro pela “capa” pois considerei-a uma das mais bonitas (e fofas) que já alguma vez tinha visto.
É de salientar que este livro foca, sobretudo, o amor e a forma como o vemos. É romântico, mas, ao mesmo tempo, bem “lamechas”. Retrata uma história entre Théo e Marina, uma menina lindíssima que sofre de bulimia e que este conheceu na Internet.

Para os amantes de histórias bem “lamechas” será um bom exemplar, para os outros tenho dúvidas. Não é o meu género literário preferido, mas, talvez, possa ser o vosso. É uma questão de lerem e de me contarem a vossa experiência!


Nota: Esta publicação é patrocinada, no entanto a minha opinião é totalmente sincera. 


Já conheciam este livro? Gostaram de o ler?