20 de setembro de 2017

Histórias Marcantes #5

A história apresentada hoje é bastante bonita e interessante. Chama-se “Como vento selvagem” e pertence, uma vez mais, a Sveva Casati Modignani. No entanto, há que referir que esta obra trouxe consigo um GRANDE “bónus”. E que “extra” é esse!? Pois bem… quando este ano, decorreu a Feira do Livro em Lisboa (e como grande amante de literatura!) decidi “puxar” os meus pais e ir também. Qual não é o meu espanto quando descubro que está lá esta autora fantástica!
Assim, aproveitei a oportunidade e pedi-lhe um autógrafo. Sim, enchi-me de coragem e lá fui eu. Saí de lá bem feliz e a esbanjar sorrisos com a simpatia da Sveva.
Mas… voltando à obra. Esta fala-nos de Mistral Vernati, um campeão de Fórmula 1 que, devido a um grande acidente provocado pelo seu principal adversário, o deixa em coma num hospital. Enquanto luta pela vida, um conjunto de pessoas rodeia-o com diversas motivações: Maria, o seu verdadeiro amor, Chantal, a ex-mulher que não o larga “nem por nada” e que só quer arruiná-lo e a mãe, que nunca compreendeu as suas escolhas de vida.
Com este livro descobrimos a verdadeira essência de Maria, a forma como o passado a tornou diferente e, a maneira como encara o futuro. Mas será que esse futuro é feito em conjunto com Mistral ou estão melhor separados? Será que Chantal o vai deixar em paz de uma vez por todas?
Uma obra inesquecível que nos cativa desde o início. Deixo-vos com o autógrafo da querida Sveva e com a respetiva obra:



Já conheciam esta obra? O que acharam do autógrafo?

19 de setembro de 2017

Mais marcadores! #53

Os marcadores que, no dia de hoje, vos mostro são bastante bonitos, mas, para além disso, são portugueses e logo por aí têm um ENORME VALOR, não é verdade!?
O primeiro mostra a Flor da Amendoeira, bem delicada e colorida, já o segundo apresenta o nosso “querido” Galo de Barcelos e a guitarra portuguesa incluídos no mapa nacional. Bem original, não concordam!?



Assim sendo, qual dos dois preferem? O primeiro ou o segundo?

 

17 de setembro de 2017

Hoje é dia de …#23

No dia de hoje proponho-vos fazer uma “atividade” (se bem que não seja essa a designação mais acertada!) que, apesar de muitos o fazerem, nem todos têm talento. Mas afinal a que me refiro!? Ao canto, ao cantar, ao cantarolar, como queiram, pois hoje é dia de… cantar e de “espantar todos os males”.
Podem fazê-lo na rua, no carro, em casa (inclui o duche!), no trabalho. Vocês escolhem onde preferem cantarolar. O importante é fazê-lo, nem que seja durante vinte segundos.


Quem gosta de cantar? Têm talento ou nem por isso?

14 de setembro de 2017

MEGA PASSATEMPO COMEMORATIVO!

Visto que recentemente chegámos aos 300 seguidores (obrigada a todos vocês por estarem sempre desse lado!) e, de forma a comemorar este marco tão importante para o blogue (e para mim, claro!) decidi trazer-vos um MEGA PASSATEMPO! Haverá melhor forma de comemorar!?
Pois bem e, para o fazer nada melhor do que me juntar, uma vez mais, à querida Cris, autora da página de facebook “Rosas de Chá – Ecojóias”.  A nossa “parceria” correu tão bem que decidi convidá-la para me ajudar com mais um passatempo.
Neste caso, podem ganhar SEIS fantásticos prémios: um calendário de Belmonte referente ao ano de 2017, um marcador de Lagos que mostra o retábulo da Igreja de Santo António, um marcador de Tomar, um marcador de Fátima, um marcador de Lagos com uma estátua e o conhecido livro de Pedro Chagas Freitas “Prometo Falhar”.







Então mas o que é necessário fazer para se habilitarem a ganhar estes seis prémios?

Participações Obrigatórias:

1.º Colocar “gosto” nas páginas do facebook:

Rosas de Chá- Ecojóias”: https://www.facebook.com/rosasdecha/?fref=ts


2.º Partilhar o passatempo (de forma PÚBLICA) no teu facebook;


3.º Comentar com TAG de cinco amigos/as (podem comentar quantas vezes quiserem, desde que sejam amigos/as diferentes).



Outras informações relevantes:
  • O envio dos prémios será da inteira responsabilidade da “Marca da Marta”, que os enviará diretamente ao vencedor;
  • O vencedor será revelado no blogue “A Marca da Marta” e na página do facebook “Rosas de Chá- Ecojóias” no dia 3 de outubro e será contactado por email por isso NÃO se esqueçam de enviar os vossos emails em conjunto com a TAG de cinco amigos/as (opcional);
  • O passatempo decorrerá de 14 de setembro a 1 de outubro de 2017 (inclusive);
  • Passatempo válido apenas para Portugal Continental.

Boa sorte!

13 de setembro de 2017

A aprender é que a gente se entende! #9

A aprendizagem, que, hoje, vos trago remete-nos logo para a História de Portugal, mais concretamente, a época dos Descobrimentos.
Estes dizem respeito a um conjunto diversificado de conquistas feitas pelos portugueses, quer em viagens, quer em explorações marítimas.
Creio que este marcador ilustra, da melhor forma, tudo isso: é criativo, bonito, mas, essencialmente, marcante para a história do nosso país.


Gostaram deste exemplar? Acharam-no criativo?

11 de setembro de 2017

A originalidade não tem limites! #16

A “originalidade” que, hoje, vos mostro é tão bonita, tão bonita que devia, também, ser considerada uma “beleza” na outra rubrica. No entanto, não vai ser incluída, pois existia uma repetição e, nós não queremos isso, não é verdade!?
Bem… mas para além da “beleza”, este exemplar representa história, fado e “roupa estendida nas ruas”. Representa ALFAMA! E que bem que ela está representada, não é verdade!? Se não, vejamos:



Gostaram do marcador? Conhecem Alfama?

9 de setembro de 2017

Tenho 24 anos| E partilho 10 coisas que devem fazer, pelo menos, uma vez na vida…

No dia de hoje “apeteceu-me” escrever sobre a rubrica (mais recente do blogue) “tenho 24 anos”, que por ser diferente e mais pessoal, tem tido bastante feedback (positivo) da vossa parte e ainda bem. Fico mesmo contente que estejam a gostar e a acompanhar esta nova rubrica.

Assim sendo, hoje decidi trazer-vos 10 coisas que considero que se devem fazer, pelo menos, uma vez na vida. Vamos conhecê-las!?

1.Voluntariado. Haverá algo melhor do que ajudar os outros e contribuir para o seu bem estar!? Eu creio que não e, por isso mesmo, penso que devemos ser voluntários nem que seja num pequeno evento. Em breve, contar-vos-ei a minha experiência neste “campo”;

2.Ir a um Festival. O primeiro “a sério” que fui foi ao Rock in Rio 2016 e, gostei tanto que espero repetir a experiência em breve;

3.Aprender uma língua. Considero que é fundamental sabermos inglês, pois é uma das línguas mais faladas no mundo, mas, para além desta podemos aprender outras mais. Tudo depende dos nossos gostos e da nossa vontade;

4.Doar sangue. Uma das mais importantes. Se pudermos/quisermos estamos (ou podemos estar) a salvar vidas todos os dias;

5.Comprar um bilhete de viagem, mas só de ida. Confesso que não sei se seria capaz, mas lá que tinha piada lá isso tinha. Este ponto é só para os mais corajosos e para aqueles que gostam bastante de arriscar;

6.Acampar. Uma atividade tão interessante (salvo raras exceções!) e divertida que merece ser experienciada pelo menos uma vez na vida;

7.Andar de balão. Nunca andei, mas quero fazê-lo muito em breve. Deve ser uma experiência única e inesquecível;

8.Fazer um cruzeiro. É um sonho que já há muito que está “guardado na gaveta”;

9.Ver uma peça de teatro. Já vi algumas e, a maior parte, adorei. Vale a pena valorizar o teatro e tudo o que a ele diz respeito;

10.Ver um bailado. Nunca vi, mas a curiosidade é mais que muita.


E vocês já fizeram alguma destas coisas? O que acrescentariam a esta lista?

6 de setembro de 2017

A Marta responde às TAG'S #14

Hoje decidi trazer-vos mais uma TAG. E como gosto de responder a TAG’S! Permitem-me falar sobre mim e, deste modo, vocês conseguem conhecer-me melhor, não é verdade!? Vamos a ela!?
Antes disso, quero agradecer às quatro meninas que me nomearam para esta TAG, a Teresa Silva, autora do blogue “Ontem É Só Memória, à Raquel Carinha, autora do blogue “My Super Sweet Twenty", à Ana Rita Cortez, autora do “Minnie Me e, finalmente, à Daniela Santos, autora do blogue “By Dezassete, por me terem nomeado para esta TAG (visitem estes cantinhos porque são fantásticos!).
No entanto, e de modo a tornar a tarefa mais fácil, decidi responder apenas às questões colocadas pela Daniela, que foi a última que me nomeou (desculpem meninas, espero que compreendam a situação!).

Vamos então às regras!?

§        Agradecer e marcar o blog que me indicou;
§        Responder às 10 perguntas;
§        Indicar 10 bloggers e avisá-las;
§       Criar 10 novas perguntas para as indicadas;

Vamos agora às questões da Daniela:

 1.Se fosses a Cinderela qual seria o sapato que perdias?
Um sapato de salto alto lindíssimo, elegante e cor-de-rosa, a minha cor de eleição.

2.Um filme/livro/história que tenha influenciado um pouco a tua vida?
Há tantas histórias, mas, confesso, que não me lembro de nenhuma em particular (sou bastante esquecida, por acaso!).

3.Se agora ganhasses uma viagem qual seria o destino escolhido?
Muito fácil. A minha viagem de sonho: Nova Iorque.

4.Um animal que gostas?
Girafa.

5.Não sais de casa sem?
Garrafa de água.

6. Qual era a profissão que gostavas de exercer em criança?
“Senhora de caixa”, era assim que eu lhe chamava.

7. O que gostas mais de fazer?
Ler, escrever, passear e estar com quem mais gosto.

8.Onde vais buscar inspiração para escrever?
Confesso que não tenho grandes inspirações. Por vezes, tenho ideias que faço questão de concretizar aqui no blogue.

9.Qual a tua expectativa enquanto blogger?
Crescer cada vez mais e continuar a trazer conteúdo criativo e interessante.

10.Qual a origem do nome do teu blog?
A denominação “A Marca da Marta” surge, porque, essencialmente, pretende marcar pela diferença. Para além disso refere-se à minha coleção de marcadores de livros e, como é escrito por mim surgiu essa designação.

As minhas questões:

1.Porque escolheste esse nome para o teu blog?
2.O que esperas atingir com ele?
3. Quais as maiores vantagens de ser blogger?
4.E desvantagens?
5. Pensas em fazer vida profissional como blogger? Porquê?
6.O que mais gostas na blogosfera?
7.Quais as tuas maiores inspirações na hora de escrever?
8.Quais os teus bloggers de eleição?
9.O que gostas mais neles?
10.O blogue faz-te feliz?



Gostaram desta TAG? E de me conhecer melhor?

4 de setembro de 2017

A Marca da Marta em Viagem #8

A viagem, de hoje, é bem especial e única. É daquelas que “me toca no coração”. E porquê? Porque é a minha segunda casa: a MINHA COIMBRA! Uma cidade linda, com tanto para oferecer, quer em termos de património, quer em termos de cultura.
Sentir Coimbra é sentir amor, tradição, saudade mas, principalmente, sentir que se fez amigos “p’ra vida” e que se criou um elo jamais inquebrável.
Coimbra é acolhedora, límpida, bonita. É uma cidade cheia de vida (exceto em agosto!) que vive, na maioria, dos estudantes. É daqueles sítios que marcam e que fazem a diferença na nossa vida.
Deixo-vos com algumas fotografias da “minha” cidade e de alguns marcadores (bonitos) que por lá encontrei:








E vocês já visitaram Coimbra? O que acham desta cidade?

  

1 de setembro de 2017

Adivinha mensal #8

E com a chegada de setembro chega, também, uma nova adivinha. Mas se recordássemos, primeiro, a do mês passado e a sua solução? Boa ideia? Vamos a isso:


“Qual é o sítio qual é ele
Que fica no norte de Portugal
Que é conhecido pelo Galo
E que começa com a letra B?
Que sítio é?


Solução: Barcelos



Qual será a adivinha de hoje?


“Qual é o sítio qual é ele
Que fica no centro de Portugal
Que é conhecido pelo Palácio da Pena
E que começa com a letra S?
Que sítio é?

(a solução sairá sempre no mês seguinte em conjunto com outra adivinha)



Qual é o vosso palpite?

30 de agosto de 2017

Mais marcadores! #52

A rubrica “Mais marcadores!” está de volta ao blogue. Hoje, para (não) variar vem bem acompanhada por dois belíssimos exemplares: o primeiro, pertence a Arganil, já o segundo refere-se à Figueira da Foz.
Relativamente ao primeiro poder-se-á referir que esta vila pertence a Coimbra e, apesar de pequena, é bem bonita. Para além de monumentos, Arganil oferece belas aldeias de xisto (tal como mostra o marcador) mas, mais importante que tudo: paisagens fenomenais, dignas de autênticos postais “de compra”.
Já a Figueira da Foz tem ao dispor de todos os que por lá passam, boa comida, boas paisagens, bons espaços para passear mas, essencialmente, boa praia (apesar de ventosa, por vezes!).Tudo boas razões para visitarem estes belos sítios portugueses!



E vocês gostaram dos marcadores apresentados? Qual o vosso preferido?

 

28 de agosto de 2017

E o marcador do MÊS é... #8

Com o fim do melhor mês (pelo menos para mim!) vem, também, a escolha do marcador. Qual será o deste mês maravilhoso?
Relembro, mais uma vez, que é selecionado aquele que foi mais “votado”, por vocês, através de comentários no blogue ou gostos no facebook ou no Google+ .
Não se esqueçam que no final do ano elegemos o marcador do ANO através dos eleitos de cada mês. Por isso participem muito nesta rubrica porque não tarda o ano termina!

Assim sendo o marcador eleito pertence a Portugal e é este:


O que acharam desta escolha?

27 de agosto de 2017

Tenho 24 anos| E o que me IRRITA na PRAIA…

No dia de hoje e, com o calor que se faz sentir atualmente, decidi trazer-vos um conjunto de 10 “coisas” que verdadeiramente me irritam na praia. Vamos conhecê-las!?

1.Pessoas aos berros na praia, ou melhor, pessoas barulhentas. Este ponto inclui criançada a gritar e a espernear;

2.Pessoas que “fazem questão” de pôr as suas “tralhas” (ou elas próprias) em cima de mim. Confesso, que me irrita mesmo! Existe sempre imenso espaço, mas, as pessoas gostam mesmo de se deitar coladas a mim ou de me fazerem sombra quando estou “estatelada” e a aproveitar o meu solinho;

3. Pessoas que comem de boca aberta. É preciso explicar!? Por favor, ninguém está interessado em observar o que é/foi o vosso almoço!

4.Pessoas que comem bolas de Berlim todos os dias e NÃO ENGORDAM! A sério!? É preciso ter sorte na vida!

5. Pessoas que fumam na praia e põem as beatas na areia. Creio que não é pedir muito: podem ser asseadas para bem de todos por favor!?

6.Pessoas que estão um dia na praia e ficam logo bronzeadas. Sim, pode ser um bocadinho de inveja, mas eu não tenho culpa! Mesmo que passasse um mês na praia saía de lá branca, branquinha!

7.Pessoas que usam fatos de banho/biquínis demasiado pequenos. Por vezes, mostra-se bem mais do que se deveria (gordurinhas, por exemplo) e há ali coisas demasiados expostas, mas, pronto cada um é que sabe de si e das suas preferências;

8.Pessoas que ouvem “música” a altos berros. Escusado será dizer que nem toda a gente gosta deste tipo de “música” e, portanto, não somos obrigados a “levar com ela” todos os dias;

9. Pessoas que não prestam atenção às suas crianças. Elas brincam, vão para a água e, ninguém dá por nada. Há que ser mais responsável! Elas são imprevisíveis e há que estar atento a todos os seus passos;

10.Pessoas que passam por mim (quando estou deitadinha ao sol) e me põem areia para a toalha. Bem, mas haverá algo pior!?


Gostaram desta publicação? O que vos irrita na praia?

25 de agosto de 2017

Marca de Portugal #29

A Marca de Portugal, apresentada no dia de hoje, já por aqui apareceu diversas vezes, de várias formas e em rubricas diferentes, consoante a “beleza”, a “originalidade” ou a própria marca que o exemplar exibia. Bem, mas vamos deixar-nos de conversas “de chacha” e passar ao que interessa, não é verdade!? É verdade, sim senhor!
O marcador que tenho a felicidade de vos apresentar hoje mostra o Galo de Barcelos bem colorido e com um aspeto “jovem”. Creio que é um exemplar lindo, mas, ao mesmo tempo infantil. Aposto que as crianças iam adorar, não concordam? Eu cá já não sou criança, mas adoro, e vocês?


Gostaram deste marcador? Acham-no infantil ou apenas colorido?

22 de agosto de 2017

Chiado Editora #12

A obra de que hoje vos falo é bastante misteriosa, mas, ao mesmo tempo, leve. Intitula-se “Uma Passagem Para Sempre” e foi escrita por Inês Ramos Rocha.
Este livro foca, essencialmente, um triângulo amoroso no qual se insere Érica (uma advogada, que é a personagem principal), Adriana (uma veterinária com uma clínica bastante conceituada) e Rita (a melhor amiga de Érica).
Érica considerava que estava a viver um conto de fadas, que tinha uma vida perfeita e que nada lhe podia acontecer de negativo, no entanto tudo muda. Num dia, enquanto ia no autocarro, reparou numa mulher misteriosa (Adriana), que nunca lhe largou o olhar.
Passado algum tempo e depois de se terem envolvido, descobre que Adriana é casada e tem uma filha, Carolina. A partir daí surgem os (grandes e verdadeiros) problemas. Um conjunto de sucessivas mentiras começa a fazer parte do seu dia-a-dia e Érica não sabe o que fazer para sair desse labirinto. Conseguirá ela sair dele e ser feliz ou viverá infeliz para sempre!?
Uma obra pequena, de fácil leitura e que nos faz pensar bastante: por vezes, o amor está mesmo à nossa frente e nós simplesmente “viramos-lhe a cara”. Vale a pena reparar nele e aproveitá-lo da melhor forma.

Já conheciam esta obra? O que acharam dela?

20 de agosto de 2017

Ideia curiosa #4

Mais um dia, mais uma ideia bem curiosa! A de hoje vem do norte, mais concretamente, da Costa Nova. Vamos conhecê-la!?
Pois bem, vocês sabiam que… a Costa Nova ou Costa Nova do Prado se originou com a abertura da barra da ria no ano de 1808? E o seu nome deriva de quê, sabem? Em primeiro lugar, surge porque é contrária à Costa Velha (S. Jacinto) e, em segundo, porque foi neste local, que existiu um enorme e verdejante prado.



Gostaram desta curiosidade? Já a conheciam?

17 de agosto de 2017

Histórias Marcantes #4

A “História Marcante”, de hoje, foi escrita pela italiana Sveva Casati Modignani e intitula-se “A vinha do anjo”.
Este livro fala-nos de Angélica, herdeira de um património de vinhas, empresária de sucesso, mulher de Rafaello e mãe da adolescente Elisabetta. Uma mulher com uma vida aparentemente perfeita, mas… na realidade a vida não é tão “cor de rosa” como parece. Por detrás de um mundo sombrio escondem-se segredos e mentiras que afetarão para sempre a sua vida ou… talvez não!?
Numa noite, em que conduzia uma moto, Angélica tem um acidente, mas, o que ela desconhece é que foi contra um dos chefs mais importantes do mundo, Tancredi D’Azaro. Depois de sucessivos e inesperados encontros, percebem que há química entre eles, mas como correrá a “relação”? E o marido dela em que situação ficará no meio disto tudo?
Uma obra que nos prende e nos ensina desde o primeiro instante. É emocionante, empolgante e bastante interessante. Vale a pena ler este magnífico livro!


E vocês já conheciam este livro? Ficaram curiosos com ele?

15 de agosto de 2017

A Marta responde às TAG'S #13

Apesar de não ter sido nomeada para esta TAG, decidi responder na mesma, pois assim que a vi no blogue “Cantinho da Tily” da querida Matilde Ferreira, achei-a bastante interessante e engraçada. Preparados? Vamos a isso:



1. Sais à rua de cara limpa ou maquilhaste para o início do dia? 
Raramente me maquilho, logo saio (quase) sempre à rua de cara limpa.

2.Fazes ginásio? Já alguma vez faltaste por preguiça?
Sim, normalmente vou ao ginásio. Em relação à preguiça, já tive vontade de faltar ao   ginásio por causa dela mas, felizmente, consegui “combatê-la” e ir na mesma.  

3.Quantos minutos por dia gastas para te arranjares (banho+make up+cabelo+roupa)? 
O teu namorado reclama?
Normalmente demoro bastante tempo sim. O meu namorado não reclama porque já está habituado.
  
4.Passas hidratante corporal e protetor facial na cara todos os dias? 
Hidratante corporal passo 2 vezes por semana mas, protetor facial só ponho quando vou à praia.

5.O que fazes quando estás num evento e o sapato “aleija” o teu pé?
    Ponho pensos, nomeadamente, nas feridas ou nas bolhas, caso existam.

6. Já te aconteceu a tua roupa se sujar, manchar ou rasgar num evento? 
Confesso que sujar “é o meu prato do dia”, infelizmente.

7. Já dormiste maquilhada alguma vez na sua vida? 
    Não, nunca.

8.Qual a cor de batom que não terias coragem de usar? 
Provavelmente, preto.

9.Já estragaste a tua dieta e arrependeste-te? 
Não.

10.Já fizeste alguma maquilhagem que deu errado ou ficou esquisita e só te apercebeste nas fotos? 
Sim, quando pus demasiado blush num dos lados da cara e só reparei muito depois.

Gostaram da TAG? Acharam algum facto pertinente?